CDL de Mafra e Rio Negro
Seja nosso associado Reuniões Plenárias Nota Promissória Calculadora do lojista Código de Defesa do Consumidor Webmail Notícias Fale conosco Consultas SPC
Sistema de Proteção ao Crédito
08 de abril
NOTÍCIAS DA CDL

13/03/2017

Faturamento com venda de medicamentos cresceu 12,9% nas farmácias em 2016

As vendas de medicamentos em farmácias não foram fortemente afetadas pela crise econômica enfrentada pelo país em 2016. É o que aponta um estudo da Close Up International, que mostrou que o faturamento cresceu 12,9% em 2016, passando de R$57 bilhões em 2015 para R$64,4 bilhões.

Entre 2015 e 2015 o aumento foi de 13,2%, apesar do aumento nos preços dos medicamentos na época.

“Ao avaliarmos o faturamento, temos que considerar que os preços dos remédios subiram em até 12,5% em 2016, já em 2015, o reajuste máximo autorizado foi de 7,7%. Isso fez com que os valores negociados fossem altos, contudo, ao considerar a venda de medicamentos por unidades, também se observa um crescimento, mas em proporção menor”, explica o presidente da Febrafar, Edison Tamascia.

Os dados referidos são relacionados à venda unitária de medicamentos, que havia tido um crescimento de 8,3% em 2015 em relação a 2014, mas que, em 2016, só observou crescimento de 3,3%. Em números, isso representa que, no ano passado, foram vendidos 4,7 bilhões de medicamentos frente 4,5 bilhões em 2015.

Para este ano, as expectativas são de continuidade no crescimento de vendas, mas com impacto menor no faturamento. “O mercado para venda de medicamentos em farmácias tem muito a crescer no Brasil, pois o consumo ainda é muito abaixo do que outros países. Por outro lado, o crescimento no faturamento será menor, pois a prévia de reajuste de preços para este ano é de 3,4%”, explica o presidente da Febrafar.


Voltar à lista de notícias